• Início
  • Notícias
  • Pedra Lavrada, completa 65 anos de Emancipação Política, parabéns pedralavradenses

Pedra Lavrada, completa 65 anos de Emancipação Política, parabéns pedralavradenses

Data da Notícia: 12 de janeiro, 2024
Última Modificação: 3 de abril, 2024
Autor:

FILHO ILUSTRE DE PEDRA LAVRADA, PRESTA HOMENAGEM A ESSE TÃO IMPORTANTE DIA

Sentimento de pertencimento

 

Em um belo poema de Bráulio Tavares (poeta e escritor paraibano) e Siba (cantor e compositor pernambucano) saiu a música Sêmen. Nela os compositores expressam seu pensamento sobre a sensação de pertencimento: “como posso saber de onde eu venho, se na raiz profunda eu não toquei”.

 

Nasci em Pedra Lavrada, na Fazenda Malhada da Pedra, de propriedade do meu Avô Materno, Senhor Leovegildo da Silva Porto, na época distrito de Picuí. Isto, por si só, deveria ter me encaminhado para o sentimento de pertencimento como sendo de Picuí, mas isso não aconteceu; fui registrado como natural de Olinda – Pe. Também não desenvolvi o sentimento de pertencimento como olindense.

Minha mente, meu coração, meu corpo, meu sentimento de pertencimento sempre foi, é e continuará sendo pedra lavradense, ou só lavradense, como comumente nos tratamos.

Sim, sou de Pedra Lavrada, pois posso dizer de onde venho, pois raízes profundas eu tenho.

 

Com estas poucas e simples palavras presto minha homenagem à minha terra amada, meu local de pertencimento e à minha Família Vasconcelos Porto, pela origem e pertencimento de minha querida e saudosa Mãe, D. Terezinha Porto (Teinha, para seus Irmãos e familiares).

 

Carlos Antônio Porto de Sousa (Carlos Porto ou só Carlinhos).

 

Aos lavradenses que pertencem a Pedra Lavrada (nativos, adotivos e amigos).

Por Carlos Porto.

 

Acompanhe
nosso instagram
Esta mensagem de erro é visível apenas para administradores do WordPress
Erro: ID de feed inválida.