• Início
  • Notícias
  • Pedra Lavrada É A 14º CIDADE DA PARAIBA, SEGUNDO ESTUDO ELABORADO PELA FIRJAN E FICA EM PRIMEIRO LUGAR NA REGIÃO.

Pedra Lavrada É A 14º CIDADE DA PARAIBA, SEGUNDO ESTUDO ELABORADO PELA FIRJAN E FICA EM PRIMEIRO LUGAR NA REGIÃO.

Data da Notícia: 22 de junho, 2016
Última Modificação: 22 de junho, 2016
Autor:

Pedra Lavrada É A 14º CIDADE DA PARAIBA, SEGUNDO ESTUDO ELABORADO PELA FIRJAN E FICA EM PRIMEIRO LUGAR NA REGIÃO.  

Texto : Equipe do CRAS                       

Pedra Lavrada mais uma vez se destaca no cenário regional e estadual, em relação aos índices de desenvolvimento socioeconômico. O dado é constatado na mais recente apuração do índice da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN) de Desenvolvimento Municipal (IFDM) Edição 2015 – Ano base 2013. O município ficou em 14º lugar no ranking estadual e 2.592º no nacional, se destacando no Seridó/Curimataú, de acordo com o índice FIRJAN, Pedra Lavrada ficou com 0,6689 pontos no IFDM consolidado, sendo considerado um município de desenvolvimento moderado.

 

O IFDM – Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal – é um estudo do Sistema FIRJAN que acompanha anualmente o desenvolvimento socioeconômico de todos os mais de cinco mil municípios brasileiros em três áreas de atuação: Emprego e Renda, Educação e Saúde. Criado em 2008, ele é feito, exclusivamente, com base em estatísticas públicas oficiais, disponibilizadas pelos ministérios do Trabalho, Educação e Saúde. Assim com o IDH – Índice de Desenvolvimento Humano, o IDH da cidade de Pedra Lavrada é 0.574, 133º no estado da Paraíba.Pedra Lavrada atingiu: 0,3976 no Emprego e Renda; 0,7875 em Educação; 0,8216 na saúde. O Índice varia de 0 a 1 e quanto mais próximo do 1 for a avaliação, melhor é a nota.

 Quando se fala em Emprego e Renda, a Firjan avalia o quanto a cidade gera de empregos formais, sua capacidade de absorver a mão de obra local, quanto de renda formal é gerada, os salários médios e a desigualdade social.

Já em educação, analisa o número de matrículas na educação infantil, a proporção de estudantes que abandonam o ensino fundamental, além da distorção de idade-série, o número de professores, a média de aulas diárias e o resultado do Ideb (Índice do Desenvolvimento da Educação Básica) do ensino fundamental.

Por fim, o índice leva em consideração na saúde, o número de consultas pré-natal, óbitos por causas mal definidas, óbitos infantis por causas evitáveis e número de internações sensíveis à atenção básica.

O excelente resultado de Pedra Lavrada e todo o ranking pode ser consultado no site http://www.firjan.com.br/ifdm/

Acompanhe
nosso instagram
Esta mensagem de erro é visível apenas para administradores do WordPress
Erro: ID de feed inválida.